A formação do ecúmeno helenístico-romano

E-mail

Vicente Dobroruka
Universidade de Brasília
Dpto. de História
Brasília -DF-
70910-900
História Antiga 2 (cód.: 139076)
A formação do ecúmeno helenístico-romano
Período: 2019.1
Horário: ter qui 10:00-11:50 “A” (sala: PAT AT 142) / “B” (sala: PAT AT 156)

Introdução

O curso está dividido em duas partes: a primeira trata da formação do mundo helenístico desde as conquistas de Alexandre, o Grande, até o final do séc.I a.C.. A segunda parte do curso aborda a ação da Roma imperial no Oriente, até o reinado de Trajano. A disciplina enfatiza a leitura das fontes primárias para cada período, bem como a importância de se entender a continuidade cultural helenística para a formação da cristandade. O eixo principal de condução do curso reside no estudo da religiosidade do período, na medida em que esta relaciona-se com a história cultural e social do mesmo.


Programa

Introdução
    Caráter do curso
    Fontes e edições usadas
    Necessidade do inglês para acompanhamento das aulas
    Disponibilização do curso on-line
    Avaliação

1. Alexandre, o Grande e o rompimento com a Antigüidade Clássica
    1.1. Os gregos e seus vizinhos
    1.2. A civilização da polis e as realezas orientais
    1.3. Gregos e judeus - contatos e incompreensões

2. A civilização helenística e seus contrastes
    2.1. As cidades-Estado helenísticas
    2.2. As peculiaridades siro-palestinenses
    2.3. Alexandria e sua biblioteca
    2.4. O comércio no ecúmeno helenístico
    2.5. Como os bárbaros perceberam a helenização
    2.6. Diversidade cultural no mundo helenístico

3. O Oriente helenístico-romano e o Império
    3.1. A expansão romana
    3.2. A vida urbana sob Roma
    3.3. A historiografia no séc.I d.C.

4. O judaísmo no começo da era cristã
    4.1. A Diáspora
    4.2. A variedade teológica
    4.3. Estrutura sócio-política da Judéia

5. Do judaísmo ao cristianismo
    5.1. Judeus, gregos e romanos
    5.2. A apocalíptica como fator formativo do cristianismo
    5.3. A religião que Jesus conheceu e que Paulo desenvolveu

Conclusão


Objetivos

Ao final do curso, o aluno deverá ser capaz de:

* Compreender o papel de Alexandre, o Grande, e dos reinos helenísticos na ruptura com a Antigüidade clássica;

* Entender a natureza das oposições entre a civilização políada introduzida pelas conquistas gregas e as culturas pre-existentes no Oriente Próximo;

* Perceber continuidades e rupturas entre os fenômenos da helenização e da instalação da administração imperial romana no Oriente;

* Compreender o judaísmo, em suas linhas gerais, entre os sécs.III a.C. e I d.C e, por extensão, o mundo que Jesus conheceu.


Avaliação

Os alunos farão 2 (duas) provas com consulta ao longo do período letivo, a primeira valendo 5 (cinco) e a segunda 5 (cinco), totalizando 10 (dez) pontos. A nota final será, portanto, a soma da nota 1 com a da nota 2, perfazendo um total de 10 (dez) pontos possíveis.


Bibliografia

As leituras básicas encontram-se no programa completo do curso, cujo download pode ser feito no link abaixo. A bibliografia suplementar encontra-se ao final de cada aula, nas páginas on-line do curso.

Para as fontes, as obras essenciais são:

* A Bíblia de Jerusalém. São Paulo: Paulinas, 1986.

* CHARLESWORTH, James (ed.). The Old Testament Pseudepigrapha. New York: Doubleday, 1983-1985. (2 volumes) [abreviado como OTP 1 e 2]

Obs.: Para os textos clássicos serão usadas, sempre que possível, as edições da Loeb Classical Library [abreviado como LCL].

As fontes específicas utilizadas ao longo do curso serão listadas ao final de cada aula, conforme a organização da disciplina na página da Web correspondente.


Textos

As cópias dos textos requeridos para o acompanhamento do curso encontram-se em pasta do Google Drive. O acesso deverá ser solicitado ao professor responsável.


Download do programa do curso

arquivo .doc


Notas

Turma "A" arquivo .pdf

Turma "B" arquivo .pdf


Lista de aulas do curso